segunda-feira, 14 de Julho de 2014

Do stand by ao Stand By Me...

Na vida como na semântica, basta uma simples palavra para que tudo tenha outro sentido. 

When the night has come
And the land is dark
And the moon is the only light we'll see
No I won't be afraid, No I won't be afraid
Just as long as you stand, stand by me
 ...
If the sky that we look upon
Should tumble and fall
Or the mountains should crumble to the sea
I won't cry, I won't cry
No I won't shed a tear
Just as long as you stand, stand by me
 ...

E a versão do Movimento, Playing For Change, para este Stand By Me é simplesmente fantástica.

sábado, 12 de Julho de 2014

Charlie Haden Quartet West with string orchestra



Relembrando o contrabaixista norte-americano de jazz Charlie Haden...

Defensor dos movimentos de libertação, realizou a 20 de Novembro de 1971, em Cascais, um concerto como forma de protesto contra a ditadura.
No dia seguinte, Haden foi impedido de viajar. Detido pela PIDE, foi levado à prisão e interrogado. Acabaria em liberdade, após intervenção do adido cultural dos Estados Unidos em Lisboa.
(Informação retirada do Jornal Público)

terça-feira, 8 de Julho de 2014

PLAYING FOR CHANGE: sabe o que é?

PLAYING FOR CHANGE
É um movimento nascido em 2002 com o objectivo de inspirar e ligar o mundo através da música. 

«A ideia para este projeto surgiu de uma crença comum de que a música tem o poder de romper fronteiras e superar as distâncias entre as pessoas»

«A verdadeira medida de qualquer movimento é o que ele dá de retorno ao povo. Nós criamos o Playing For Change Foundation, uma organização sem fins lucrativos dedicada à construção de escolas de música e arte para as crianças ao redor do mundo, para trazer esperança e inspiração para o futuro do nosso planeta.
Não importa quem você é ou de onde você vem, estamos todos unidos através da música

A comprovar tudo isto, e não só, deixo-vos este fantástico cover dos Rolling Stones (clicar para ouvir a versão original):
Gimme Shelter
em versão Playng For Change.


domingo, 6 de Julho de 2014

Domingo, dia cinzento

Neste Domingo, em que era suposto ser mais Verão do que Inverno, apetece-me fazer como o gato. Enroscar-me na cadeira de vime, ouvir música e começar a leitura de um livro que certa editora resolveu vender com 50% de desconto.
Nem tudo é mau...

segunda-feira, 30 de Junho de 2014

La Fleur (Mathieu Chedid)

Une dédicace à toutes les fleurs victimes de la pollution.
Boa semana!

 

La Fleur, par Mathieu Chedid

J'ai aimé une fleur
Elle m'a appris l'amour
Elle m'a appris les pleurs
C'était si naturel
J'étais tellement pollué
Elle était tellement belle
J'aimais la renifler

La fleur
Alors je ferme les yeux
Pour reprendre des couleurs
Mais l'orage m'émeut
Et le noir me fait peur
La tristesse m'assassine
C'est la mort qui m'effleure
J'ai perdu c'est un signe
Capucine la fleur

La fleur