domingo, 16 de abril de 2017

Caminhos


Caminhada errante. Sem norte. Sem eira. Sem beira. 
Caminhada na lonjura do tempo. Não importa quando ou até, se chegamos.
Caminhada pela relatividade das distâncias. E o que está próximo pode estar tão distante...




Sem comentários:

Enviar um comentário