sábado, 19 de novembro de 2016

Versos a um relógio

Não sei quem foi o poeta que assim versejou para um relógio, mas vou tentar saber.
Bom domingo!


2 comentários:

  1. Olha que maravilha de soneto!
    Gostava de ter sido eu a escrevê-lo.
    Claro, usava uma grafia ligeiramente
    diferente
    mais à moda do AO90
    BOM NATAL Florbela
    sem esquecer o David e restante família.

    ResponderEliminar
  2. ;)
    diz o google:
    Quanto tempo tem o Tempo?: Versos a um relógio
    quantotempotemotempo.blogspot.com/2015/10/versos-um-relogio.html
    17/10/2015 - Versos a um relógio. Poema da autoria de L.A. Morais Carvalho, retirado do semanário "A REGIÃO" (Leiria, 1922). Bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar